Pular para o conteúdo

7 de outubro de 2008

Ibope e Datafolha fazem balanço de erros e acertos

por cila schulman

RODRIGO RÖTZSCH
da Folha de S.Paulo

Num processo marcado pela indecisão e pela volatilidade do eleitorado, o Datafolha conseguiu captar as tendências e apontar os cenários prováveis nas oito capitais que pesquisou.

O diretor-geral do Datafolha, Mauro Paulino, faz um balanço positivo do trabalho do instituto no primeiro turno, salientando que o Datafolha esteve sempre à frente ao mostrar as reviravoltas da campanha.

“O objetivo do Datafolha, até por ser ligado a uma empresa de comunicação, é apontar primeiro as tendências. E isso nós conseguimos fazer em todos os lugares onde houve mudança. Em Fortaleza, fomos os primeiros a mostrar o crescimento da Luizianne [Lins, que acabou reeleita no primeiro turno]. Também fomos os primeiros, em Belo Horizonte, a mostrar o salto de Márcio Lacerda, primeiro, e depois o crescimento de Leonardo Quintão. Em Porto Alegre, o Datafolha foi o único que nunca mostrou Manuela [D’Ávila] na frente.”

Paulino, porém, não nega que houve algumas surpresas, como o fato de Gilberto Kassab (DEM) ter terminado à frente de Marta Suplicy (PT) em São Paulo. “O desenho da curva mostrava que os dois estavam se aproximando. Mas a velocidade desse movimento, que fez com que o prefeito superasse Marta e chegasse à primeira colocação, foi uma surpresa.

“Para o diretor do Datafolha, eleitores que mudaram de voto na última hora ajudam a explicar a discrepância. “A pesquisa da véspera não pode ser adequadamente comparada com o resultado da urna. Em São Paulo, 13% dos eleitores disseram que podiam mudar o seu voto.”

O resultado de Salvador foi outro que se afastou um pouco do projetado pelo Datafolha. Embora o instituto tenha apontado a possibilidade de Walter Pinheiro (PT) desbancar ACM Neto (DEM) e ir ao segundo turno, os mais de 30% que ele teve nas urnas estiveram bem acima dos 24% registrados pelo Datafolha na véspera, em pesquisa com margem de erro de dois pontos. “Não captamos na véspera a tendência de crescimento do candidato do PT, embora ao longo da campanha tenhamos mostrado que a disputa pela vaga no segundo turno seria acirrada.”

O diretor do Datafolha considera que o instituto foi fundamental para que fosse conhecido o verdadeiro quadro da disputa no Rio de Janeiro. “Se você somar os votos de Fernando Gabeira e Jandira Feghali na última pesquisa e somar os votos que os dois tiveram na eleição, chegará praticamente ao mesmo resultado. No dia da eleição, houve muita migração de eleitores de Jandira para Gabeira” –o chamado voto útil para consolidar a ida do candidato do PV ao segundo turno.

“Em cidades como Recife e Curitiba, principalmente, onde as pesquisas mostravam que a eleição estava praticamente decidida, não houve esta migração de última hora”, completa. Nos dois locais, o Datafolha acertou ao apontar, respectivamente, a vitória de João da Costa (PT) e a reeleição com sobras de Beto Richa (PSDB).

Ibope

O presidente do Ibope, Carlos Augusto Montenegro também fez, à Folha, balanço positivo da atuação do instituto.”O Ibope fez 90 cidades. Fomos bem, eleição de prefeito é muito difícil, muito nervosa. Mas a gente acertou quase tudo. Não tem o que falar, tem que olhar os resultados, e quem quiser criticar critique.”

Montenegro qualificou como erro do instituto não ter captado, nem na pesquisa de boca-de-urna, a ultrapassagem de Kassab sobre Marta em São Paulo. E reconheceu o mérito do Datafolha de captar primeiro a subida de Gabeira no Rio.

“Parabéns ao Datafolha, que pegou primeiro [a tendência de crescimento de Gabeira]. Mas no fim, acho que eu peguei melhor”, diz ele, referindo-se à pesquisa de boca-de-urna, que, neste ano, o Datafolha não fez.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Observação: HTML é permitido. Seu endereço de e-mail nunca será publicado.

Assinar os comentários

%d blogueiros gostam disto: