Pular para o conteúdo

19 de outubro de 2008

‘Bitch is the new black’

por cila schulman

NELSON DE SÁ
da Folha

Qualquer ilusão quanto à tão propagada originalidade da propaganda brasileira desaba diante da série de Antonio Tabet, o Kibe Lobo, que está em seu 48º exemplo de, por assim dizer, inspiração.

Não é diferente com a série do marqueteiro petista João Santana sobre “quem é Gilberto Kassab”, inspirada por “who’s Barack Obama”, do marqueteiro republicano Steve Schmidt, o discípulo que o lendário Karl Rove emprestou a John McCain.

Mas o paralelo histórico _e trágico_ da campanha de Marta Suplicy é de estratégia, não de forma. É com Hillary Clinton.

Como a petista, a democrata foi alvo por semanas da cobertura que privilegia Obama. Abusar de sua vida pessoal era “fair game”, estava dentro das regras. Até que ela ou, melhor, seu marido reagiu. E sua campanha se tornou racista.

A diferença é que, por lá, algumas mulheres defenderam Hillary. A âncora Katie Couric e a comediante Tina Fey, esta em sua primeira intervenção de envergadura na eleição, com a tirada “bitch is the new black”, reagiram ao cerco.

Também a lendária National Organization of Women, com eco no editor público do “New York Times”.

Por aqui, o abuso se insinuou antes pelas produções do marqueteiro tucano Luiz Gonzalez, que chegou a usar sotaque argentino em comercial, avançou pela cobertura e, apelando a Paulo Maluf no debate, entrou pelo preconceito.

A diferença é que o país não tem Katie Couric nem Tina Fey e a organização de mulheres é ignorada. Uma jornalista chegou a dizer que Marta pode ser abusada que ninguém tem pena. Até que ela ou alguém por ela reagiu. E sua campanha se tornou preconceituosa.

O que apenas serviu de deixa para, direta ou novamente por terceiros, dizerem por todo lado que é uma adúltera.

Hillary Clinton, dias atrás, anunciou que não vai mais se candidatar a presidente, em disputa futura. Marta Suplicy, que também deve perder, pelo que indica o Datafolha, talvez demore mais a ceder.

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Observação: HTML é permitido. Seu endereço de e-mail nunca será publicado.

Assinar os comentários

%d blogueiros gostam disto: