Pular para o conteúdo

26 de outubro de 2008

Abstenção chega a 18,11%; Maranhão lidera com 21,27%

por cila schulman

EDUARDO CUCOLO
RENATA GIRALDI
GABRIELA GUERREIRO
da Folha Online, em Brasília

O número de abstenções no segundo turno das eleições municipais deste domingo chegou a 18,11%, segundo dados do TSE (Tribunal Superior Eleitoral). O índice foi considerado elevado pelo tribunal uma vez que, no primeiro turno, foi de 14,54%.

O presidente do TSE, Carlos Ayres Britto, disse que a chuva no sul do país pode ter influenciado no baixo número de presença registrado na região. Britto afirmou que o tribunal ainda vai analisar as causas que reduziram o número de eleitores que compareceram às urnas neste domingo.

“Na nossa avaliação é um número alto. Houve complicadores no Sul, com muita chuva. Tanto que pela manhã o número de descomparecimento às sessões foi muito alto, a nossa expectativa era que à tarde isso fosse superado. Não sabemos se esse número se confirma, e vamos partir para avaliação porque o número ficou maior que no primeiro turno”, afirmou.

O Estado com maior índice de abstenção foi o Maranhão, onde 21,27% dos eleitores não foram votar neste domingo. Em segundo lugar aparece o Rio de Janeiro, com abstenção de 20,02%.

Em termos populacionais, São Paulo registrou o maior número de ausentes –no total de 1,862 milhão de eleitores deixaram de comparecer às urnas no segundo turno. São Paulo também lidera no total de votos brancos e nulos, que somaram cerca de 240 mil e 457 mil, respectivamente, em todo o Estado.

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Observação: HTML é permitido. Seu endereço de e-mail nunca será publicado.

Assinar os comentários

%d blogueiros gostam disto: