Pular para o conteúdo

26 de outubro de 2008

Amazonino Mendes vence e volta ao poder em Manaus

por cila schulman

da Folha Online

O ex-governador Amazonino Mendes (PTB), 68, foi eleito neste domingo (26) prefeito de Manaus. Com 99,85% das urnas apuradas, ele tem 57,14% dos votos válidos. Ele venceu o atual ocupante do cargo, Serafim Corrêa (PSB), que tentava a reeleição, e está com 42,86% dos votos. Com a vitória, Amazonino volta a exercer cargo público após quase quatro anos fora de cargos executivos.

Divulgação
Amazonino Mendes, 68, foi eleito neste domingo prefeito de Manaus
Amazonino Mendes, 68, foi eleito neste domingo prefeito de Manaus

O resultado confirma as indicações de pesquisas de intenção de voto e o resultado do primeiro turno, quando Amazonino teve 46,21% dos votos válidos, contra 23% de Serafim. Pesquisa realizada pelo Ibope entre os dias 23 e 24 de outubro já apontava vantagem de Amazonino, com 54% das intenções de voto, contra 40% de Serafim.

Em relação às pesquisa anterior, Amazonino recuou cinco pontos percentuais (de 59% para 54%) e o atual prefeito ganhou seis pontos (de 34% para 40%).

O petebista já foi prefeito de Manaus em duas oportunidades (1983-1986 e 1993-1994) e governador do Amazonas (1987-1990 e 1995-2002). Em 2004, perdeu a primeira eleição em 21 anos, para o próprio Serafim, na disputa pela prefeitura –voltou a perder em 2006, quando não conseguiu se eleger governador.

No segundo turno, o apoio do presidente Luiz Inácio Lula da Silva foi disputado pelos dois candidatos, pois ambos os partidos pertencem à base aliada do governo federal. Opositor histórico de Lula, Amazonino procurou se aproximar do governo federal nestas eleições e prometeu até criar uma versão regional do Bolsa Família, complementando a renda recebida pelos beneficiados pelo programa.

Durante a campanha para reeleição ao governo do Estado, nos anos 90, ele recebeu o apoio do então presidente Fernando Henrique Cardoso e participou ativamente das negociações para aprovação da emenda da reeleição.

Entraves

A candidatura de Amazonino chegou a ser cassada pelo TRE (Tribunal Regional Eleitoral) do Amazonas, em primeira instância, sob acusação de não pagar dívida de multas de propaganda irregular nas eleições para o governo, em 2006.

Posteriormente, a cassação foi derrubada pelo próprio TRE, que considerou que houve falha e omissão da Justiça Eleitoral, que concedeu o registro do candidato sem se certificar da existência de dívidas.

O MPE (Ministério Público Eleitoral) pediu na semana passada a cassação do candidato. Na véspera do primeiro turno, a Polícia Federal apreendeu em um posto de combustível 419 requisições de carros já abastecidos com 20 litros de gasolina cada um. Nas requisições havia a frase “eleições 2008-Amazonino Mendes”.

O advogado da coligação de Amazonino, Daniel Nogueira, disse que a Justiça Eleitoral vai chegar à conclusão de que não existe irregularidade, pois a gasolina era para carros de fiscais do partido.

O nome do petebista chegou a ser incluído na lista de candidatos com “ficha suja”, publicada pela (Associação dos Magistrados Brasileiros). Em resposta, o candidato afirmou que dois dos quatro processos em que era citado foram arquivados e que em outro ele foi absolvido. O nome de Amazonino foi retirado da lista da AMB em agosto, graças a um habeas corpus.

Amazonino é formado em direito e, antes de entrar para vida pública, foi diretor-auxiliar do extinto Departamento de Estradas e Rodagem DER-AM e chefe do Serviço de Transportes Rodoviários do Departamento de Estradas e Rodagem, na década de 80. Ele tem como vice o deputado federal Carlos Souza (PP).

A coligação “Manaus, um Futuro Melhor” também tem participação dos partidos PHS, PRTB, PTC e PTN.

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Observação: HTML é permitido. Seu endereço de e-mail nunca será publicado.

Assinar os comentários

%d blogueiros gostam disto: