Pular para o conteúdo

30 de março de 2009

Tantas palavras

por cila schulman

Ontem à noite eu salvei mais uma palavra.

Não resisti à ousadia dela, de se propor a medir algo tão subjetivo quanto a dor.

Então foi isso, a odynometer me pegou muito mais pelo significado do que pela sonoridade.

Seria ela capaz de medir a dor de uma saudade? De dente? De estômago? De compaixão? Dor que não sai no jornal? De cotovelo? Dor nas costas? E aquela dorzinha aguda de quando a gente engata o dedinho do pé na quina do móvel? Saberia medir? Enxaqueca crônica? De separação? A dor do mundo? De cólica de bêbe? A dor da despedida? A dor pela dor de quem a gente ama?

Adotei a odynometer por impulso, assim, e só depois fui atrás do seu passado. Mas não achei nada que a concretizasse. Nem pai, nem mãe, irmãos nem pensar. Isso apertou meu coração. Mais uma razão para acreditar nela, lutar para que não se extingua.

E se de repente,  hoje ela entra em ação e decreta: “a dor de garganta que a Cila trouxe de Salvador é de fato nível 10. Não pode ir trabalhar de jeito nenhum. Desmarquem todos os compromissos. Diagnóstico final”.  Ou quinta-feira à noite, avise: ” atenda o telefone, que a dor de amor dele é nível 9…”

Definitivamente, odymeter merece mais uma chance. Só estou preocupada agora se ela vai se entender com as minhas duas outras palavrinhas: venustation e xenization. Já falei delas pra vocês? Não? Pois adotei as duas juntas na primeira vez que entrei no Save the Words, por uma dica da Any Guelmann via Twitter.

Ontem à noite descobri mais um site para adoradores de palavras. E não é apenas um site, mas uma rede social inteirinha. Chama-se Wordie.  Reúne pessoas esquisitas, dessas que colecionam palavras e adoram falar sobre elas. Entre as mais recentes, a favorita é loquacious. Tinha 282 seguidores. Agora tem 283, que também peguei pra mim, nem que seja pra me enturmar.

Pesquisando o site, tentei o modo randome. Me apareceu Mea Lua de frente. Tive que recorrer ao amigo Google. Concluí que deve ser movimento de capoeira em espanhol. Fiquei com peninha, quem não haveria de?

Portanto, agora sou a orgulhosa mãe do Felipe, da Venustation, da Xenization, da Odymeter, da Loquacius e da Mea Lua de Frente. Melhor eu esquecer a dor de garganta e ir pra reunião, que tá dureza sustentar uma família desse tamanho. OMG!

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Observação: HTML é permitido. Seu endereço de e-mail nunca será publicado.

Assinar os comentários

%d blogueiros gostam disto: