Pular para o conteúdo

6 de julho de 2012

Gastos de campanha triplicam em SP

por cila schulman

Eleição em SP terá recorde de gastos

Tucano José Serra, com R$ 98 milhões, e petista Haddad, com R$ 90 milhões, as campanhas mais caras
Serra e Haddad terão as campanhas mais caras / Folhapress

Da: BAND

A disputa pela Prefeitura de São Paulo neste ano deve registrar recorde de gastos em campanhas eleitorais. Na quinta-feira, todas as coligações entregaram os nomes de seus candidatos a prefeito e vice-prefeito e a previsão de arrecadação e de despesas para o pleito.

Entre os principais partidos na disputa, a coordenação de campanha de José Serra (PSDB) prevê gastar R$ 98 milhões nos próximos meses. Já o petista Fernando Haddad informou à Justiça Eleitoral que desembolsará R$ 90 milhões e não fará novos aportes caso dispute o segundo turno.

O PMDB declarou que a campanha de Gabriel Chalita irá custar R$ 70 milhões. Celso Russomano (PRB) declarou que sua campanha custará R$ 30 milhões. O candidato diz que a propaganda para o rádio e para a TV será feita por sua produtora, o que reduzirá as despesas.

Paulinho da Força (PDT) e Soninha Francine (PPS) são os mais modestos. O primeiro prevê gastar R$ 8 milhões na campanha. A segunda garante que não passará dos R$ 3 milhões.

A previsão de gastos de todos os candidatos estará disponível no portal do TSE (www.tse.jus.br) a partir da semana que vem. No portal, será possível conferir a declaração de bens de cada postulante a prefeito.

Comparando os números de hoje com os apresentados pelos três principais nomes na disputa de 2008 – Gilberto Kassab, Geraldo Alckmin e Marta Suplicy – os gastos devem triplicar. Naquele ano, Kassab apresentou uma estimativa de R$ 30 milhões. Marta e Alckmin calcularam gastar R$ 25 milhões cada um.

Em relação ao tempo de exposição na TV, o PSDB de Serra deve ficar à frente dos demais, com 8 minutos e 38 segundos. Os tucanos levam vantagem por causa dos 2 minutos obtidos pelo PSD de Gilberto Kassab. O PT, e sua coligação formada pelo PSB, PP e PCdoB, pode contar com até 7 minutos e 39 segundos. O PMDB deve ter 5 minutos. PPS, PRB, PDT devem contar com cerca de 1 minuto e 40 segundos. O Psol prevê que terá cerca de 1 minuto no horário eleitoral.

Debates
Band fará o primeiro debate entre os candidatos em São Paulo no primeiro turno em 2 de agosto. Se acontecer segundo turno, o primeiro debate também será realizado pela emissora em outubro.

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Observação: HTML é permitido. Seu endereço de e-mail nunca será publicado.

Assinar os comentários

%d blogueiros gostam disto: